O ESCOLHIDO

Escrito por
Avalie este item
(1 Voto)
"Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda." (João 15:16)

 

Você já se sentiu impedido ou até mesmo barrado em se envolver um pouco mais na obra de Deus? "Bora falar um pouco sobre isso" 

- Sobre nós estava a sujeira do pecado, a culpa da transgressão e as correntes da morte, e então, por infinita graça Deus simplesmente nos amou. João 3:16 – “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Fomos salvos pelo sacrifício de Cristo, a dívida está paga, o perdão está concedido, fomos limpos pelo seu sangue precioso e agora somos os escolhidos por Deus para cumprir a missão de multiplicar Seu reino na Terra.

 

  1. Escolhidos para multiplicação do reino de Deus na terra. 

Mateus 25.14-30 - "E também será como um homem que, ao sair de viagem, chamou seus servos e confiou-lhes os seus bens. A um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um; a cada um de acordo com a sua capacidade. Em seguida partiu de viagem. O que havia recebido cinco talentos saiu imediatamente, aplicou-os, e ganhou mais cinco. Também o que tinha dois talentos ganhou mais dois. Mas o que tinha recebido um talento saiu, cavou um buraco no chão e escondeu o dinheiro do seu senhor. "Depois de muito tempo o senhor daqueles servos voltou e acertou contas com eles. O que tinha recebido cinco talentos trouxe os outros cinco e disse: ‘O senhor me confiou cinco talentos; veja, eu ganhei mais cinco’. "O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!’ "Veio também o que tinha recebido dois talentos e disse: ‘O senhor me confiou dois talentos; veja, eu ganhei mais dois’. "O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!’ "Por fim veio o que tinha recebido um talento e disse: ‘Eu sabia que o senhor é um homem severo, que colhe onde não plantou e junta onde não semeou. Por isso, tive medo, saí e escondi o seu talento no chão. Veja, aqui está o que lhe pertence’. "O senhor respondeu: ‘Servo mau e negligente! Você sabia que eu colho onde não plantei e junto onde não semeei? Então você devia ter confiado o meu dinheiro aos banqueiros, para que, quando eu voltasse, o recebesse de volta com juros. " ‘Tirem o talento dele e entreguem-no ao que tem dez. Pois a quem tem, mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será tirado. E lancem fora o servo inútil, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes’ ".  – Está claro nesta parábola que todos nós recebemos de Deus ao menos um talento e este deve ser multiplicado. Outra verdade é que breve Jesus voltará para buscar a sua Igreja e neste dia teremos que prestar contas a Ele te tudo o fizemos ou não em prol do reino de Deus. Naquele dia, será agraciado aquele que multiplicou o que lhe foi confiado; já aquele que não desenvolveu, não multiplicou, não produziu nenhum tipo de crescimento do reino de Deus na Terra, este sofrerá as consequências de seu próprio comodismo. 

Pense um pouquinho sobre um talento que Deus te presente o e que poderia ser multiplicado ainda mais em favor do Seu reino... "Alguém deseja compartilhar sobre isso?"


  1. Como identificar o teu chamado?

1 Coríntios 12:12 – “Ora, assim como o corpo é uma unidade, embora tenha muitos membros, e todos os membros, mesmo sendo muitos, formam um só corpo, assim também com respeito a Cristo.” Para que haja crescimento de um dos membros e desenvolvimento de todo o corpo é fundamental que você descubra o quanto antes, qual o seu chamado junto à obra de Deus.

O evangelista João Batista afirmou que a sua chamada era preparar o caminho para o Salvador, (Mateus 3:3) – “Este é aquele que foi anunciado pelo profeta Isaías: "Voz do que clama no deserto: ‘Preparem o caminho para o Senhor, façam veredas retas para ele”,

Joana, Suzana e outras irmãs serviam a Jesus com os seus bens, (Lucas 8:3) – “Joana, mulher de Cuza, administrador da casa de Herodes; Susana e muitas outras. Essas mulheres ajudavam a sustentá-los com os seus bens.”;

A nossa irmã Dorcas, servia ao Senhor promovendo ação social, (Atos 9:36-39) – “Em Jope havia uma discípula chamada Tabita, que em grego é Dorcas, que se dedicava a praticar boas obras e dar esmolas. Naqueles dias ela ficou doente e morreu, e seu corpo foi lavado e colocado num quarto do andar superior. Lida ficava perto de Jope, e quando os discípulos ouviram falar que Pedro estava em Lida, mandaram-lhe dois homens dizer-lhe: "Não se demore em vir até nós". Pedro foi com eles e, quando chegou, foi levado para o quarto do andar superior. Todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando-lhe os vestidos e outras roupas que Dorcas tinha feito quando ainda estava com elas.”

Na Igreja Primitiva foram levantados alguns homens cheios do Espírito Santo para servirem ao Senhor na organização da Igreja e no apoio aos órfãos e as viúvas, (Atos 6:1-6) – “Naqueles dias, crescendo o número de discípulos, os judeus de fala grega entre eles queixaram-se dos judeus de fala hebraica, porque suas viúvas estavam sendo esquecidas na distribuição diária de alimento. Por isso os Doze reuniram todos os discípulos e disseram: "Não é certo negligenciarmos o ministério da palavra de Deus, a fim de servir às mesas. Irmãos, escolham entre vocês sete homens de bom testemunho, cheios do Espírito e de sabedoria. Passaremos a eles essa tarefa e nos dedicaremos à oração e ao ministério da palavra". Tal proposta agradou a todos. Então escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, além de Filipe, Prócoro, Nicanor, Timom, Pármenas e Nicolau, um convertido ao judaísmo, proveniente de Antioquia. Apresentaram esses homens aos apóstolos, os quais oraram e lhes impuseram as mãos.”; o certo é que todos esses citados a cima encontraram uma maneira de multiplicar os seus dons e talentos, todos realizaram a obra de Deus com dedicação e prazer. É exatamente isso que eu e você precisamos fazer. Precisamos multiplicar com alegria e prazer o reino de Deus nesta terra.

O que poderíamos fazer como igreja para intensificar e multiplicar os talentos em nosso meio?


 

Conclusão: Hoje Deus nos convida a abrir o nosso coração para a realização da Sua obra. Precisamos multiplicar o reino de Deus na Terra. Envolva-se com o discipulado de um dos ministérios da igreja, fale do amor de Jesus para as pessoas, pratique o diaconato, as missões, a ação social, envolva-se na intercessão pelas nações, multiplique o que Deus entregou para você, isto fará diferença imediata em sua vida e por fim trará grandes recompensas diante de Deus. 

 

Mais Informações ligue: (11) 4723-1808    WhatsApp: (11) 94773-0125

 

ACESSE: www.facebook.com/DanielJuniorPlenitude                       

INSCREVA-SE: https://www.youtube.com/user/pastordanieljunior

 

Lido 2831 vezes