LONGANIMIDADE em VIDA TRANSFORMADA

Escrito por
Avalie este item
(3 votos)
Paciência, misericórdia, autocontrole e tolerância são palavras que definem bem a sua vida? Se a resposta é sim, preciso te parabenizar por isso, porém, se a resposta é não, ou mais ou menos, então pode ser que o Fruto do Espírito ainda precisa ser gerado em você, ou que a característica da longanimidade deve ser cultivada em sua vida assim como busco em minha própria vida, essa será a nossa missão durante esse mês e espero em Deus que possamos juntos alcançarmos esse objetivo

Vamos ler Gl 5:22; Ef 4;1,2

Longanimidade é a característica ou qualidade de grandeza de ânimo. Essa característica do Fruto do Espírito Santo nos permite encarar as lutas e adversidades da vida com coragem, paciência, misericórdia, autocontrole e tolerância. A longanimidade tem a força de alterar o nosso estilo de vida, nos deixando mais tolerantes a tudo aquilo que antigamente alterava rapidamente o nosso humor, nos levando a tomar decisões precipitadas e equivocadas na vida. Essa é a minha grande batalha na caminhada da fé. Quantas vezes no processo do desenvolvimento da longanimidade em minha tomei decisões que só me causaram prejuízos e arrependimentos. (Vamos compartilhar um pouco sobre o que temos dito até agora...).


 

A longanimidade é a grande capacidade dada pelo Espírito Santo de suportarmos por longo tempo as afrontas, o sofrimento e a adversidade na vida. Ela nos capacita no bom relacionamento com as pessoas de difícil personalidade, as “cansativas”. A longanimidade nos faz resistentes as difíceis circunstâncias na vida, ela nos permite permanecer firmes mesmo sofrendo grandes pressões contrárias. Quem cultiva a longanimidade torna-se cada vez mais forte, permanecendo firme no plano de Deus seja na família, no ministério e enfim, na vida. Alguém longânimo é alguém que demora a irar-se e por essa razão tem maior probabilidade de preservar seus relacionamentos, seus projetos, seus empregos, seus ministérios e sua saúde, a pessoa longânima consegue proporcionar boas experiências e profundas lições para todos que vivem com ela. O oposto ocorre com quem ainda não desenvolveu essa importante característica do Fruto do Espírito. (Alguém deseja compartilha alguma experiência tida com a atitude de alguém longânimo ou até mesmo com alguém que tenha a ausência da longanimidade?)


 

Deus é longânimo, está no caráter D’Ele. (2 Pe 3.9, Ex. 34:6). O nosso Pai comunica a seus filhos essa longanimidade por meio do Espírito Santo, produzindo o Seu Fruto em nós, alterando ou transformando o nosso caráter (Cl 3:12). É assim que deixamos de ser impacientes, desequilibrados e raivosos diante de qualquer situação, até mesmo as mais estressantes na vida. A longanimidade nos capacita com m nível maior de tolerância, nos mantêm sobre controle nos tornando pacientes e misericordiosos com as pessoas. “Falo por mim, como preciso que essa característica cresça cada dia mais em mim”. Tem alguém por aqui também precisando disso?


 

A longanimidade nos habilita a suportar os grandes desafios, as terríveis batalhas e provações na vida sem desistir, sem reclamar ou estragar os planos de Deus para nos. Um grande exemplo é o de José do Egito, quem gostaria de relembrar em qual ponto de sua vida esse servo de Deus foi longânimo. Alguém pode nos trazer a luz de algum outro personagem bíblico que tenha sido exemplo de longanimidade?


 

Durante essa semana precisamos dedicar um tempo especial pedindo a Deus que desenvolva em nos essa característica de Seu Fruto. A longanimidade é uma das chaves espirituais para uma vida melhor.

Lido 3608 vezes